24 de dez de 2009

A Fé de Denzel Washington


HOLLYWOOD, EUA (LifeSiteNews.com) — A super estrela de Hollywood Denzel Washington revelou o que ele indica ser uma forte vida espiritual e devoção à sua família numa entrevista na revista Reader’s Digest. Numa entrevista franca, o artista, que já ganhou um Oscar, enfatizou a importância de sua família e da Bíblia em sua vida. O segundo dos três filhos de um pastor da Igreja Pentecostal e de uma estetecista.
Ele Comenta :“Leio a Bíblia todos os dias”, disse Washington. “Estou na minha segunda leitura da Bíblia inteira agora, no livro de João. Meu pastor me orientou a começar no Novo Testamento. Fiz isso, talvez dois anos atrás. Fui lendo, então acabei lendo o Artigo Testamento inteiro. Agora estou de volta no Novo Testamento. A segunda vez é melhor”.

20 de dez de 2009

A.7 Imagens que marcaram o ano 2009


8 de março - Maior contratação do Corinthians para a temporada 2009, Ronaldo voltou ao caminho do gol e embalou um ano fenomenal. Fora dos gramados desde 13 de fevereiro de 2008, quando sofreu mais uma grave lesão em sua carreira. Fora de forma, penou até ser liberado por Mano Menezes para ir a campo. E, o atacante, que havia jogado poucos minutos dias antes, contra o Itumbiara, enfim voltava a ser notícia no mundo todo, quando, aos 47 minutos do segundo tempo, marcou de cabeça o gol de empate por 1 a 1 no clássico contra o Palmeiras. A comemoração, com os companheiros ao seu lado, e uma massa ensadencida do outro, custou caro ao alambrado do estádio de Presidente Prudente, que foi ao chão. O lance rendeu uma placa de homenagem a Ronaldo, que em 2009 ganhou muito mais: foi campeão paulista, da Copa do Brasil e mais uma vez virou nome pedido pela torcida brasileira para estar em uma Copa do Mundo.

A.6 Imagens que marcaram o ano de 2009


9 de fevereiro - A advogada brasileira Paula Oliveira, de 26 anos, residente na Suíça, supostamente grávida de gêmeas, disse ter sido atacada e torturada por três neonazistas na cidade de Dubendorf, periferia de Zurique. Os agressores teriam escrito com estilete a sigla SVP (iniciais em alemão do Partido do Povo Suíço, de extrema direita) na barriga e nas pernas da brasileira. Segundo Paula, o ataque teria causado o aborto das filhas. Na época, o caso acabou ganhando contornos políticos em declarações do chanceler Celso Amorim e do cônsul-geral do Brasil em Zurique, Vitória Clever. No entanto, alguns dias depois, a brasileira voltou atrás, desmentiu o ataque e assumiu que ela própria tinha infligido os ferimentos em seu corpo. Exames ginecológicos também confirmaram que a gravidez de Paula era falsa. O pai da brasileira alegou que a filha sofria de lúpus, doença que atinge o sistema imunológico e pode provocar distúrbios psicológicos. Em 16 de outubro, a brasileira foi indiciada pela Justiça suíça.

Ver slides

19 de dez de 2009

A. 5 Imagens que marcaram o ano de 2009


8 de fevereiro - Chris Brown foi acusado de agredir a cantora no dia em que os dois iriam se apresentar na entrega do Grammy. Após o incidente, a novela Rihanna x Chris Brown teve um desfecho na Justiça dos EUA. O rapper declarou-se culpado das acusações, negociou uma pena de prestação de serviços, terá que manter uma distância mínima de 45 metros de Rihanna e participar de um programa educacional sobre violência doméstica.

A.4 Imagens que marcaram o ano de 2009


2 de fevereiro - 2009 foi um ano duro para o senador José Sarney. Eleito para comandar a Casa - após derrotar o petista Tião Viana por 49 votos a 32 - ele não teve sossego desde que assumiu o cargo. O escândalo mais polêmico veio à tona em junho: mais de 500 atos secretos publicados ao longo dos últimos 14 anos no Senado foram usados para nomear, exonerar e aumentar salários de pessoas ligadas ao comando da Casa. Filhos, netos e agregados beneficiados pela máquina pública ou suspeitos de irregularidades. Apesar de ter presidido o Senado em outras duas gestões, Sarney se isentou de qualquer responsabilidade: "A crise do Senado não é minha. A crise é do Senado", disse. Por pouco Sarney não perde a presidência da Casa. Após 2 meses de crise, em agosto, o presidente Lula interveio diretamente sobre a bancada petista e todos os processos contra o presidente da Casa foram arquivados no Conselho de Ética.

18 de dez de 2009

A 3 Imagens que marcaram o ano de 2009


20 de janeiro - Primeiro presidente negro dos EUA, Barack Obama faz o juramento de posse, em Washington, ao lado da mulher, Michelle Obama. A diva Aretha Franklin cantou durante cerimônia e milhões de pessoas em todo o mundo assistiram e celebraram a posse de Obama, o 44° presidente norte-americano.

17 de dez de 2009

A. 2 Imagens que marcaram o ano de 2009


Teto da Renascer desaba
18 de janeiro - Teto da Igreja Renascer em Cristo, da avenida Lins de Vasconcelos, no Cambuci, em São Paulo, desaba durante o culto de domingo. Cerca de 600 pessoas estavam no local no momento do acidente; nove pessoas morreram e mais de 100 ficaram feridas.

16 de dez de 2009

A . 1 Imagens que marcaram o ano de 2009


Pouso heróico
15 de janeiro - Passageiros do Airbus A320 da US Airways, que precisou fazer pouso forçado nas águas geladas do rio Hudson, em Manhattan, aguardam resgate sobre as asas do avião. Mais de 150 pessoas estavam a bordo e todos sobreviveram. O avião teve problemas após se chocar com pássaros. O prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, elogiou o excelente desempenho do piloto Chelsey Sullenberger, dizendo que ele fez um "trabalho magistral" ao pousar o avião no rio. O governador do Estado de Nova York, David Paterson disse que foi um "milagre no Hudson".

13 de dez de 2009

Coritiba culpa torcida organizada por violência no estádio Couto Pereira


O Coritiba se pronunciou oficialmente nesta terça-feira sobre os incidentes ocorridos no estádio Couto Pereira, no último domingo, após o empate por 1 a 1 contra o Fluminense, e culpou integrantes da torcida organizada "Império Alviverde" pelas cenas de violência no local.

"Com base nas imagens gravadas daqueles fatos lamentáveis já é possível identificar integrantes e certos dirigentes daquela torcida [Império Alviverde], como autores e principais responsáveis pela agressão e destruição generalizada"", diz trecho da nota oficial do clube.

Coritiba calcula em R$ 500 mil o prejuízo no estádio Couto Pereira

"Todas as providências estão sendo tomadas pelas autoridades competentes para identificação, qualificação e punição dos responsáveis, mediante processos cíveis e criminais cabíveis e necessários, em ações conjugadas dos órgãos de Segurança Pública, do Ministério Público e do próprio Coritiba", diz outro trecho da nota.

O estádio já foi interditado pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) por tempo indeterminado.

Lanchonetes, cadeiras das arquibancadas, grades e a sala da presidência foram alguns pontos destruídos. Na capital paranaense, a URBS (Urbanização de Curitiba S/A), responsável pelo transporte público, contabilizou 34 ônibus quebrados.

Um deles foi o da linha Vila Macedo, em Piraquara, região metropolitana de Curitiba, onde uma bomba caseira foi jogada no lado de dentro do ônibus. Uma enfermeira acabou sendo atingida pela explosão e perdeu três dedos da mão direita.

Confusão

Revoltados com o rebaixamento do Coritiba para a Série B, os torcedores invadiram o gramado e entraram em confronto com árbitros, jogadores e policiais após o jogo contra o Fluminense, domingo.

No total, 22 pessoas foram presas. Todas foram liberadas após assinar um termo circunstanciado e vão responder processo em liberdade. Apenas um homem, Gilson da Silva, 20, apontado como agressor do policial, que é professor de artes marciais, continua preso. Ele é suspeito de ter atingido com uma barra de ferro o queixo do soldado Luis Ricardo Gomides, 38.

Silva será indiciado por tentativa de homicídio. A reportagem da Folha não conseguiu contato com ele e a polícia não soube informar se ele já tem advogado. O soldado está hospitalizado, mas não corre risco de morte.

Segundo a PM, sete policiais e 11 civis ficaram feridos na confusão de domingo. Um torcedor de 19 anos está internado em estado grave.

4 de dez de 2009

Atividade sim, paranormal nem tanto


O que faria um espectador sair de casa, gastar com estacionamento, lanche e entrada de cinema para ver uma coisa com qualidade de clipe do YouTube? Isso é "Paranormal activity" (no original): uma brincadeira que tentou repetir o hype que rolou uns dez anos antes com "A bruxa de Blair" (ou seja, criar um falso filme verdade e espalhar na internet que aquilo realmente aconteceu). O pior é que deu certo. Até o nome dos atores (Katie Featherston e Micah Sloat) são os mesmos dos personagens.
Acontece que isso só vai assustar a quem tem muito medo do escuro e nunca viu um bom filme de terror. Ficar hora e meia vendo uma câmera tosca parada supostamente registrando uma atividade paranormal no quarto de um casal chato, onde nada realmente acontece até os seus cinco minutos finais, é uma brincadeira sem graça, só para pegar trouxas. Melhor ir na sala ao lado ver "Deixe ela entrar"

2 de dez de 2009

Pensamentos Radicais de Malcom X


"Historicamente, os brancos sempre foram assim em relação aos pretos, podemos estar com eles, mas jamais fomos considerados iguais a eles".
"Os brancos podem ficar do nosso lado nas questões pequenas, mas jamais nas fundamentais"
"Suportar toda aquela dor, literalmente queimar minha carne só para fazer com que meus cabelos ficassem parecendo com os de um branco. Eu me juntava à multidão de homens e mulheres negras que sofreram uma lavagem cerebral tão grande até acreditarem que os pretos são inferiores - e os brancos superiores - e que devem até mesmo violar e mutilar os corpos que Deus criou para tentarem parecer "bonitos" pelos padrões dos brancos. Assim como para qualquer mulher preta, digo ao homem preto que se dessem ao cerebro em sua cabeça só a metade da atenção que dão aos seus cabelos, estariam mil vezes mais humanos."
"Muitos negros da chamada classe superior estão tão convencidos em impressionar os brancos, mostrando que são "diferentes" dos outros, que não percebem que estão ajudando o homem branco a manter sua opinião desdenhosa a respeito de todos os negros."
"Linda mulher preta! O homem preto sai por aí dizendo que quer respeito. Pois bem: o homem preto jamais conseguirá respeito de ninguém antes de aprender primeiro a respeitar suas própias mulheres! O homem preto precisa hoje se levantar e se livrar das fraquezas que lhe foram impostas pelo senhor de escravo branco! O homem preto precisa hoje começar a defender, proteger e respeitar as suas mulheres!"
"O homem branco quer que os homens pretos permaneçam imorais, depravados e ignorantes. Enquanto permanecermos nessas condições, continuaremos a suplicar, e o homem branco nos controlará. Jamais poderemos conquistar liberdade, justiça e igualdade enquanto não estivermos fazendo por nós mesmos."
"Uma coisa que o homem branco jamais poderá dar ao homem preto é o auto-respeito! O homem preto nunca poderá se tornar independente e reconhecido como um ser humano realmente igual aos outros enquanto não possuir o que os outros têm, até que esteja fazendo por si mesmo o que as outras raça estão fazendo por elas própias."
"Meus irmãos e irmãs pretos, ninguém jamais saberá quem nós somos...até nós sabermos quem somos! Nunca seremos capazes de ir a qualquer lugar, se não soubermos onde estamos.
"Como membros de organizações pretas, geralmente a própria presença dos brancos sutilmente torna as organizações pretas automaticamente menos eficazes. Mesmos a presença dos "melhores" homens brancos dificulta a descoberta pelos negros do que precisam fazer e particularmente do que podem fazer...por si mesmos, trabalhando em sua própia espécie, em suas própias comunidades.
"As únicas pessoas que realmente mudaram a história foram as que mudaram o pensamento dos homens a respeito de si mesmos."
"São capazes de imaginar o que pode acontecer, o que certamente aconteceria, se todos os povos de origem africana compreendessem algum dia que possuem vínculos de sangue, se compreendessem que todos possuem um objetivo comum....e que não teriam a menor dificuldade em alcança – lo se se unirem."
“Fisicamente os afro-descendentes podem permanecer no Ocidente, lutando por seus direitos constitucionais, mas filosófica e culturalmente precisam desesperadamente votar para África e desenvolver uma unidade ativa na estrutura do pan-africanismo.