4 de jan de 2009

Babaquices da "Nada Interessante"




► Já faz algum tempo que a revista Super interessante tem se atrevido e desafiado a inteligência,tranqüilidade e a paciência, principalmente dos cristãos com publicações que merecem alguns questionamentos sobre a seriedade e a ética desta revista. Pego como exemplo a revista de Dezembro de /2008 de titulo “Quem escreveu a Bíblia?” As idiotices foram tantas que a revista alega que “novas evidencias demonstram a forma como o livro sagrado foi escrito”, durante toda a matéria,tais evidencias não são mostradas, e o que é pior, são embasadas em cima de comentários de “estudiosos da Bíblia” de apenas um segmento religioso e outros que não fazem parte de segmento algum. Os absurdos são tantos que em determinado momento o “articulista” (certamente inspirado pelos seus pseudos teólogos que contribuem de forma mirabolante para a tal matéria) diz que “ Esdras impunha leis religiosas tão rígidas que estabeleceu a proibição de casamentos entre hebreus e não-hebreus”,fato que denota uma falta de conhecimento teológico e bíblico tremendo,pois, o retorno para Jerusalém se deu em 538-457 a.C e não em 389 a.C como conta a “famigerada matéria” e não foi Esdras “que impôs tais leis”, pois as mesmas já existiam cerca de 1400 a.C quando o povo de Israel se tornou nação ,saindo do Egito , ficou evidente que os 430 anos de escravidão imposta pelos egípcios,fizeram com que o povo tivesse que tomar medidas de não “misturasse com um jugo religioso desigual das nações estrangeiras”, lembrando que neste período somente o povo hebreu era adorador de uma crença monoteísta. A “matéria” também alega que “um grupo de religiosos, liderados por Esdras (pobre Esdras), mudou radicalmente as escrituras reescrevendo os livros de Deuteronômio, Números, Levítico e também um dos pontos altos da bíblia: os 10 mandamentos”, tal informação não tem base alguma em nenhum achado arqueológico ou teológico nos últimos 40 anos, o que se sabe é que o líder do retorno a Jerusalém foi Zorobabel, e não Esdras que veio com o segundo grupo de exilados de Babilônia,outro detalhe importante,quando as leis forma lidas e “não reescritas” como fala a “revista”,todos ficaram sabendo que as mesmas leis faziam parte das leis MOSAICAS de Moisés, sem nenhuma alteração em relação aos rituais e costumes estabelecidos lá no deserto pelo próprio Deus e escritas por Moisés como seu porta voz ao povo,se a dificuldade da revista é de entender que Deus ao longo de toda a história usou homens e mulheres,se faz necessário lembrar que todos o livros sagrados que são base das religiões deste planeta foram escritos por homens acreditando terem “sido inspirados por uma força superior" como por exemplo:
► Confucionismo ( Confúcio )
► Alcorão ( Maomé )
► Evangelho Segundo o Espiritismo ( Alan Kardek )
► Todos foram escritos por homens !!
► Todos seguidores destas religiões acreditam que seus lideres tiveram “Sonhos”,”Visões”,”Vozes ou Mensagens Psicografadas” ( Até hoje ha seguimentos que confiam piamente neste tipo de manifestação “vinda dos mortos”), todos são aceitos e tidos na mais alta respeitabilidade e credibilidade Por que só a Bíblia é questionada ?? Será que o interesse é realmente descobrir a verdade ou distorcê-la ??

Nenhum comentário: