4 de out de 2009

Passeata contra a intolerância religiosa em Copacabana


RIO - Cerca de 200 pessoas participam Praia de Copacabana da caminhada em protesto contra a intolerância religiosa. Eles querem reafirmar a defesa do direito constitucional de liberdade de culto e pedir o fim da violência contra os praticantes de religiões africanas como a umbanda e o candomblé.

No mês de junho, quatro jovens evangélicos invadiram um centro espírita no Catete, Zona Sul da cidade, insultaram fiéis e quebraram todas as imagens e objetos do local.

Os acusados foram condenados a pagar multa, a distribuir cestas básicas e a cumprir quatro horas semanais de trabalho comunitário durante quatro meses.

A caminhada começa na Praça do Lido, no Posto 2 e segue até o Posto 5.

Segundo a CETRio, após o desembarque os ônibus deverão estacionar na área junto ao Teleporto, Cidade Nova e retornarem ao fim do evento em grupos de 20 por vez, para o embarque, que deverá ser realizado da mesma forma que o desembarque.

Será permitido o estacionamento de 10 ônibus na Avenida Atlântica, pista junto às edificações, utilizando uma faixa de trânsito ao longo do canteiro central, no trecho entre a Rua Joaquim Nabuco e a Rua Francisco Sá, no horário das 7h às 17h. A pista deverá estar liberada às 18h, quando encerra-se o horário da área de lazer.

2 comentários:

Marco disse...

O ecumenismo Religioso já começou, atrás de uma capa de junção de denominações religiosas que nada tem em comum,transformando e coisificando a fé em um mero sentimento humano e não um dom divino. Muitos dos presente na passeata não sabem a importancia da manutenção da verdadeira fé,sem cunho politico.

nuria jussara disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.